sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Veneza 2017 – Os destaques da semana e apostas


Festival de Veneza 2017 chega ao fim amanhã – e também serão anunciados os vencedores dos prêmios entregues na mostra competitiva, recheada de títulos apetitosos e elogiados – o festival trouxe alguns dos filmes mais promissores (e aguardados) deste ano e o Leão de Ouro tem muitos concorrentes, alguns estão à frente e serão discorridos a seguir.


Retorno do cineasta tunísio Abdellatif Kechiche às telas, quatro anos após o sucesso estrondoso do romance lésbico Azul é a Cor Mais Quente (vencedor da Palma em Cannes, prêmio que – segundo certas fontes – o diretor teve de vender este ano para quitar dívidas), Mektoub, My Love: Canto Uno é um título favorável ao Leão de Ouro, mas seria uma escolha bastante previsível do júri. Entre recepções positivas e outras mais balanceadas, mostra que Kechiche está em plena forma e promete arrebatar o público. 


Em Hannah, Charlotte Rampling é quem brilha (e já desponta entre as principais apostas para o prêmio de Intepretação Feminina, cuja vencedora será anunciada amanhã). O festival chega ao fim e o filme do italiano Andrea Pallaoro, um drama incisivo, já é tido como possível candidato ao Oscar e pode marcar o retorno de Rampling à awards season (e esse favoritismo pode se confirmar com um prêmio amanhã, talvez). 


Parece que não há filme este ano na line-up mais esperado que este mother!, novo trabalho do amado/odiado Darren Aronofsky, "um pesadelo de horror", "um filme inesquecível" e "um grande nada" como muitos críticos andam dizendo por aí. As recepções calorosas e as recepções negativas podem embalar ainda mais a cabeça do espectador, mas há uma certeza de que esse filme será algo. Javier Bardem e Jennifer Lawrence entregam performances estelares – o júri poderia se render ao filme e premiá-lo amanhã com o Leão de Ouro ou, quiçá, prêmios de interpretação a Bardem ou Lawrence? É o que veremos.


Eis outra grande favorita a melhor atriz, Frances McDormand, estrela de um dos filmes mais elogiados e bem falados da line-up de Veneza este ano, Three Billboards Outside Ebbing, Missouri, retorno às telas do cineasta britânico Martin McDonagh, o mesmo do genial Na Mira do Chefe. Leão de Ouro? Não é impossível, visto que trata-se de um filme que parece ter uma recepção bem singular... 


É a minha aposta para o Leão de Ouro. O documentarista Frederick Wiseman – o lendário – está de volta com mais um trabalho documental, que está sendo tido por muitos como uma experiência radiante, e não é de se espantar, Wiseman é um dos maiores diretores do cinema americano contemporâneo e do gênero documental. Ex Libris já é, pra mim, um grande favorito. Basta aguardar se o júri de Annette Bening pensa desta mesma maneira.


Hirokazu Koreeda está virando um Woody Allen japonês (ainda bem!). Este já é seu terceiro filme em três anos apresentando novos filmes, e este ritmo tem nos dado alguns dos mais importantes trabalhos do cinema japonês recente (o ótimo exemplar Depois da Tempestade pode muito bem entrar nessa definição). Seu novo filme é um suspense de tribunal, bastante "à la Sidney Lumet". Não é um título lá esperado para se ganhar o Leão de Ouro, digamos, mas pode despontar em algum prêmio importante. Que Koreeda continue entregando um filme por ano, para a alegria de nós, cinéfilos. 

Minhas singelas apostas

Leão de Ouro: Ex Libris (Wiseman)
outros concorrentes: Human Flow (Weiwei), The Shape of Water (Del Toro), Mektoub, My Love: Canto Uno (Abdellatif Kechiche)

Leão de Prata, Diretor: Koreeda (The Third Murder)
outros concorrentes: Payne (Downsizing), Aronofsky (mother!), Clooney (Suburbicon)

Grande Prêmio do Júri: Three Billboards Outside Ebbing, Missouri
outros concorrentes: Sweet Country, First Reformed

Prêmio Especial do Júri: Foxtrot
outros concorrentes: Suburbicon, Lean on Pete, Una famiglia

Volpi Cup, Atriz: Charlotte Rampling (Hannah)/Frances McDormand (Three Billboards Outside Ebbing, Missouri)
outras concorrentes: Jennifer Lawrence (mother!), Sally Hawkins (The Shape of Water), Helen Mirren (The Leisure Seeker), Julianne Moore (Suburbicon)

Volpi Cup, Ator: Matt Damon (Downsizing ou Suburbicon)/Masaharu Fukuyama (The Third Murder)
outros concorrentes: Javier Bardem (mother!), Donald Sutherland (The Leisure Seeker), Adel Karam (The Insult), Lior Ashkenazi (Foxtrot)

Melhor Roteiro: Suburbicon
outros concorrentes: mother!, Downsizing, The Shape of Water

Nenhum comentário:

Postar um comentário